ISO 5349: COMO MONTAR ACELERÓMETROS – MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES SISTEMA MÃO BRAÇO

Resumo:

A ISO 5349 define que os acelerómetros devem estar rigidamente montados para se efetuarem as medições. O conceito de rigidez deriva da definição de função com um grau de liberdade. A norma 5348 também recomenda que a frequência de ressonância do acelerómetro deve ser no mínimo cinco vezes superior á máxima frequência de interesse o que no caso da medição no sistema mão braço é de 1250 Hz. Sendo a frequência de ressonância dos acelerómetros normalmente utilizados nestas medidas muito superiores a este valor, o que fica principalmente em causa é a frequência de ressonância da montagem.

 

Neste artigo vão ser revistos os métodos de montagem de acelerómetros para efetuar estes ensaios e os fatores que há que ter em consideração na sua seleção.

 

Leia mais

CASE STUDY MAPAS DE RUÍDO MUNICÍPIOS

Os colaboradores da dBwave.i têm a uma vasta experiência nesta área onde começaram a atuar em 2005.

Em 2007 Portugal aplicou legislação que tornava obrigatória a realização de mapas de ruído para as cidades, estradas, caminhos de ferro e aeroportos. Nessa fase os colaboradores da dBwave desenvolveram até hoje trabalho intenso de elaboração de mapas de ruído contando-se no seu portfolio mais de:

  • 100 municípios em Portugal e Espanha
  • 10.000 Km2 calculados
  • 3 milhões de pessoas abrangidas

Experiência internacional:

  • Portugal
  • Marrocos
  • Estados Unidos
  • Moçambique
  • Angola
  • Espanha
  • Venezuela
  • Brasil

Case Study Mapas de ruido infraestruturas de transporte

Os colaboradores da dBwave.i têm a uma vasta experiência nesta área onde começaram a atuar em 2005.

Em 2007 Portugal aplicou legislação que tornava obrigatória a realização de mapas de ruído para as cidades, estradas, caminhos de ferro e aeroportos. Desde então os colaboradores da dBwave desenvolveram trabalho intenso de elaboração de mapas de ruído contando-se no seu portfolio mais de:

  • 10.000 Kms de estradas e caminhos de ferro
  • 10 aeroportos internacionais (Accon)

 

Experiência internacional:

  • Portugal
  • Marrocos
  • Estados Unidos
  • Moçambique
  • Angola
  • Espanha
  • Venezuela
  • Brasil

 

Case Study Planos de Acção de Redução de Ruído de Instalações Industriais

Os colaboradores da dBwave.i têm a uma vasta experiência nesta área onde começaram a atuar em 2002.

A ferramenta mais eficaz para identificação de problemas de ruído de empresas industriais, dada a quantidade e diversidade dos equipamentos normalmente em questão, é a elaboração de planos de acção de controlo de ruído que implica a realização de mapas de ruído.

Desde 2002 que os colaboradores da dBwave desenvolveram trabalho intenso de elaboração de mapas de ruído de instalações industriais e planos de acção entre as quais se encontram:

ENEOP2 – Exploração de Parques Eólicos, S.A. Cimpor, S.A. (CP Souselas, Alhandra e Loulé)
Fábrica da Supremo Cimento em Adrianópolis Secil, S.A. (Fábricas de Maceira, Pataias, Outão)
EEM – EMP. DE ELECTRICIDADE DA MADEIRA, S.A. Central Termoelétrica do Carregado
Fábricas de Linxe (França), Knowsley (UK), Mangualde (Portugal)- SONAE Indústria, S.A. Central Termoelétrica de Bachaquero, Venezuela
Cements Molins (Espanha – Barcelona) Central Termoelétrica de Tamare, Venezuela
Cementos Cemex (Espanha – Palma de Maillorca)

 

Experiência internacional:

  • Portugal
  • Brasil
  • Angola
  • UK
  • França
  • Espanha
  • Venezuela

Case Study Mapas de ruído infraestruturas de instalações industriais

Os colaboradores da dBwave.i têm a uma vasta experiência nesta área onde começaram a atuar em 2005.

Em 2007 Portugal aplicou legislação que tornava obrigatória a realização de mapas de ruído para, entre outros, os empreendimentos industriais. Desde então os colaboradores da dBwave desenvolveram trabalho intenso de elaboração de mapas de ruído de instalações industriais entre as quais se encontram:

  • ENEOP2 – Exploração de Parques Eólicos, S.A.
  • Fábrica da Supremo Cimento em Adrianópolis
  • EEM – EMP. DE ELECTRICIDADE DA MADEIRA, S.A.
  • Fábrica de Linxe (França) – SONAE Indústria, S.A.
  • Estudo do Impacto da Construção de cerca de 500 km de linha MAT 220 kV entre  Luachimo – Lucapa – Luena (extremo NE de Angola; Província da Lunda Norte).

Experiência internacional:

  • Portugal
  • Brasil
  • Angola
  • França
  • Espanha

 

mapa2