Renovação da acreditação para a realização de ensaio de acordo com a NP2074

A dBwave renovou a sua acreditação para a realização do ensaio de avaliação de vibrações impulsivas em estruturas, de acordo com a norma NP2074:2015 pelo IPAC – Instituto Português de Acreditação, de acordo com a norma ISO 17035.

As atividades mineiras e geotécnicas que induzem solicitações dinâmicas nos terrenos, designadamente: o desmonte de maciços rochosos com recurso a substâncias explosivas, a cravação de estacas, a compactação dinâmica de terrenos, entre outras, originam solicitações impulsivas e vibrações subsequentes nas estruturas próximas, as quais, em consequência, podem sofrer danos. Leia mais

Efeitos de vibrações continuadas em estruturas DIN 4150-3

Ao contrário do que acontece noutros países, os critérios de avaliação do efeito de vibrações continuadas em estruturas não estão estabelecidos na legislação, em Portugal.

Para preencher esta lacuna a dBwave acreditou a realização do ensaio de avaliação de vibrações continuadas em estruturas, de acordo com a metodologia da norma DIN 4150-3:1999, pelo IPAC. Leia mais

Avaliação de incomodidade gerada por vibrações BS 6472-1

Avaliação de incomodidade gerada por vibrações BS 6472-1

Acreditação de acordo com a ISO 17025

Ao contrário do que acontece noutros países, os critérios de avaliação de incomodidade gerada por vibrações não estão estabelecidos na legislação, em Portugal.

Para preencher esta lacuna a dBwave acreditou a realização do ensaio de avaliação de incomodidade gerada em vibrações, de acordo com a norma BS 6472-1:2008, pelo IPAC – Instituto Português de Acreditação, de acordo com os requisitos da norma ISO 17035. Leia mais

Redução de ruído

1) Introdução

O som pode ser de condução aérea ou de condução estrutural. A maioria das fontes radiam som tanto de uma como de outra maneira. O diagrama a seguir mostra que acções para a redução de ruído podem ser tomadas a vários níveis da cadeia: na fonte, sobre o meio de propagação, nas interfaces e/ou sobre o receptor.

Leia mais

Avaliação da exposição dos trabalhadores ás vibrações – mão braço

1 – INTRODUÇÃO

Durante o nosso dia-a-dia estamos expostos a vibrações, de uma forma ou de outra, em carros, autocarros, comboios, etc. Muitas pessoas estão também expostas a outras vibrações, durante o seu trabalho, por exemplo as produzidas por ferramentas manuais, máquinas ou veículos pesados.

Aqui vão ser apenas referidas as vibrações indesejáveis: o efeito da sobreexposição às vibrações; os diversos fatores que devem ser levados em conta quando é medida, como é medida e avaliada, e que acções podem ser desenvolvidas para reduzir fontes de vibrações prejudiciais e/ou perigosas.

2 – REFERÊNCIAS NORMATIVAS

As referências legais e normativas (em Portugal) são as seguintes: Leia mais

Avaliação da exposição dos trabalhadores ás vibrações – corpo inteiro

1 – INTRODUÇÃO

Durante o nosso dia-a-dia estamos expostos a vibrações, de uma forma ou de outra, em carros, autocarros, comboios, etc. Muitas pessoas estão também expostas a outras vibrações, durante o seu trabalho, por exemplo as produzidas por ferramentas manuais, máquinas ou veículos pesados.

Aqui são referidas as vibrações indesejáveis: o efeito da sobreexposição às vibrações; os diversos fatores que devem ser levados em conta quando é medida, como é medida e avaliada.

2 – REFERÊNCIAS LEGAIS E NORMATIVAS

As referências legais e normativas (em Portugal) são as seguintes: Leia mais

Avaliação da exposição dos trabalhadores ás vibrações – ponderação em frequência

RESPOSTA EM FREQUÊNCIA DO CORPO HUMANO

Para perceber a razão pela qual os seres humanos são mais sensíveis a algumas frequências que a outras é útil levar em consideração o corpo humano como um sistema mecânico. O sistema é complicado pelo facto de: (a) cada parte do corpo tem a sua maior sensibilidade em diferentes gamas de frequência; (b) o corpo humano não é simétrico, e (c) não existem duas pessoas a responder às vibrações exactamente da mesma forma. De qualquer modo, foram desenvolvidos modelos biomecânicos adequados para simular a resposta humana à vibração.

 

Leia mais